Esportes

Atletas de Balneário Camboriú vão ao Parajasc, disputado em Criciúma

Jogos serão disputados por mais de 1,7 mil atletas do Estado. Parajasc conta com 12 modalidades

Texto: Dyovana Koiwaski e Danilo Vieira 

Balneário Camboriú terá 12 representantes nos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc), que inicia neste sábado (2), em Criciúma. O evento reúne mais de 1,7 mil atletas, de 52 municípios catarinenses, para disputar a 13ª edição dos jogos, que segue até o dia 6. A cerimônia de abertura acontece hoje (1), às 19h, no Ginásio Municipal Irmão Walmir Antônio Orsi.

Serão 12 modalidades em disputa: atletismo, basquetebol, basquetebol em cadeira de rodas, bocha, bocha paraolímpica, ciclismo, futsal, golbol, handebol em cadeira de rodas, natação, tênis de mesa e xadrez, nos segmentos físico, auditivo, intelectual e visual.

Cerca de 165 troféus e mais de 3,6 mil medalhas devem premiar os competidores, além de uma medalha de participação para cada atleta, chegando a quase 5 mil condecorações no evento. A entrega de troféus também acontece a cada um dos três primeiros colocados de cada segmento.

O elenco de Balneário Camboriú está recheado de medalhistas, principalmente no atletismo. Suélen Oliveira é um dos destaques. Ela já foi campeã dos 100, 200 e 400 rasos classe T 37. Paulina Pereira foi vice-campeã nas mesmas provas. Suélen recebeu nesta semana o Troféu Guga Kuerten de melhor atleta paradesportiva de Santa Catarina.

“Temos boas equipes, o pessoal do atletismo vem conquistando diferentes campeonatos. O reconhecimento da Suélen também é um incentivo a mais para as atletas na hora de competir. Estou confiante que voltaremos com medalha para Balneário Camboriú”, falou o diretor técnico da Fundação Municipal de Esportes (FME), Roberto Ferreira.

Para o coordenador do Parajasc, João Batista Cascaes, o evento é uma forma de promover a inclusão e trazer novos talentos para o esporte. “O objetivo maior é inserir essas pessoas na sociedade e fazer com elas sejam reconhecidas”, aponta Cascaes.

O Parajasc é promovido pelo Governo do Estado, por meio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), em parceria com a Agência de Desenvolvimento Regional local e a Prefeitura de Criciúma.

suelen 2 - divulgação
Suélen recebeu o Troféu Guga Kuerten de melhor atleta paradesportiva de Santa Catarina nesta semana (Fonte: Divulgação)

História do Parajasc

Na 13ª edição, o Parajasc é um dos principais modelos de evento paradesportivo do país. Atletas que levaram o Brasil às competições paralímpicas, como Flávio Reitz e Ádria Santos, ambos do atletismo, Bruna Alexandre, do tênis de mesa, e Soelito Gohr, do ciclismo, também participaram do evento. A primeira edição, realizada em Chapecó, contou com cerca de 1.000 atletas representantes de 42 municípios, competindo em 10 modalidades, nos quatro segmentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s