Meio Ambiente

Ações de combate à dengue são intensificadas em Santa Catarina

Secretário de Estado da Saúde reuniu representantes das cidades de Itapema, Balneário Camboriú e Joinville

Texto: Sérgio Augustin e Gabriel Silva

Fotos: Leticia Wilons / Dive

Um Termo de Compromisso para qualificar as ações de combate à dengue foi assinado por prefeitos e responsáveis pela saúde das cidades de Itapema, Balneário Camboriú e Joinville, junto com o Secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso. O objetivo é alertar sobre o aumento expressivo do número de focos e também buscar o envolvimento da comunidade.

O secretário alerta que é preciso redobrar a atenção destinada a essa causa. “Além das ações realizadas pelos profissionais da área, há a necessidade de a população fazer a sua parte. É um trabalho simples e direcionado que intensifica o combate ao mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e do Vírus Zika”, enfatiza.

A prefeita de Itapema ressalta que é importante aumentar o número de agentes da dengue para a prevenção e o monitoramento das residências:  “Agora é o momento de uma divulgação muito forte, com apelo à população para que nos ajude na prevenção do Aedes”, destaca Nilza Simas.

Em Balneário Camboriú, a Prefeitura criou uma força tarefa para o combate ao mosquito, na qual estão envolvidas várias secretarias para a realização de ações de prevenção e eliminação de focos do Aedes aegypti. O prefeito, Fabrício Oliveira, explica que essas ações são para sanar o aumento dos focos na cidade: “O aumento de focos é grande e totaliza 15% dos casos registrados no estado. Contamos também com a população, que deve contribuir na fiscalização e prevenção dos focos”, finaliza.

As cidades litorâneas devem ficar atentas com a chegada da temporada. “A região do litoral sofre a pressão da entrada de turistas e de cargas, apresentando grande risco, tanto para a inserção do mosquito transmissor quanto das doenças transmitidas por ele”, salienta o superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria do Estado, Fábio Gaudenzi.

Para ter um controle e acompanhar as ações do combate à dengue, o prefeito de Joinville, Udo Döhler, vinculou a sala de situação do município ao gabinete. “Vamos agir com rapidez. Temos duas semanas para trabalhar forte nas escolas e realizar mutirões nas regiões com focos”, garantiu.

fotos_leticia_wilson_-_dive_ses_20171123_1258732691
Até o dia 11 de novembro deste ano, foram identificados 9.953 focos do mosquito Aedes Aegypti em 142 municípios de Santa Catarina. Foram 322 focos em Itapema, 1.579 em Balneário Camboriú e 243 em Joinville.
Cuidados

É importante que todos fiquem atentos aos materiais e depósitos em seus imóveis que possam acumular água. Os cuidados necessários para não haver a proliferação do mosquito são:

– Não deixar nenhum recipiente com água parada;

– Verificar se as caixas d’água estão bem vedadas;

– Tratar a piscina com cloro e limpá-la uma vez por semana;

– Colocar areia nos pratos dos vasos de plantas, e/ou eliminar os pratos;

– Manter as calhas limpas e desentupidas, assim como as lajes;

– Manter ralos fechados e desentupidos;

– Remover regularmente a água acumulada em folhas de plantas como bromélias, e/ou eliminar a planta;

– Lugar de lixo é no lixo: copos, garrafas, latas vazias, entre outros, devem ser colocados na lixeira dentro de sacos plásticos bem fechados;

– Tonéis e depósitos de água devem ser mantidos tampados e vedados;

– Vasilhames para água de animais domésticos devem ser lavados com bucha e sabão em água corrente pelo menos uma vez por semana;

– Evitar acumular águas de chuvas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s