Arte e Cultura Bem-Estar

Cia de Teatro alegra os idosos do Asilo Dom Bosco

Texto: Iolário dos Santos Neto e Vanusa Schatt

Para alegrar os idosos, os funcionários do Asilo Dom Bosco criam diversas atividades. Na tarde de hoje, durante nossa visita, a psicóloga Gisele Regina da Cunha estava organizando uma das salas para receber um grupo teatral. “Vai ter uma peça hoje”.

Aos poucos, os convidados especiais se aproximavam. Estava um dia de sol maravilhoso, o vento fresco invadia a sala, e em um dos corredores do lado de fora se encontrava um senhor em cadeira de rodas. A Gisa, como todos chamam a psicóloga, convida o senhor para assistir a peça, mas ele faz uma cara de rabugento e se nega a participar.

As senhoras quiseram se sentar bem a frente. Todas vaidosas e lindas. Os atores da peça já estavam preparados com seus trajes de uma época antiga. Curioso, o senhor que se negou, aos poucos se aproximou. Nós nos aproximamos dele para cumprimentá-lo. “Não resistiu e veio assistir à peça?!”, perguntamos rindo para ele.

A peça é uma comédia romântica que se chama “Água mole Pedra dura”, da Cia de Teatro Anchieta Artes Cênicas, de Itajaí, que conta com trinta alunos. Todos riram e cantavam junto com os atores. A atriz da companhia, Ana Luiza Marcolina, comenta a importância das apresentações em lugares esquecidos: “o objetivo é poder trazer o teatro em lugares menos favorecidos como por exemplo as escolas e hoje estamos aqui – no asilo – para trazer pouco de alegria para eles”.

No momento da apresentação, nos sentamos ao lado do senhor curioso e conversamos. No lugar do velho rabugento surgiu um senhor muito amado e conversador. O senhor Fábio vive no asilo a um ano, é natural de São Paulo, tem dois filhos. Ele vive, infelizmente, uma realidade que muitos deles passam. Perguntei se seus filhos visitam-o com frequência, logo ele responde: “ Eles não vem muito, as vezes eles apareçam, eles têm a vida deles”.

Na sala onde todos estavam reunidos, sentimos que os idosos do Asilo Dom Bosco são muito unidos, fazem piada e riam um do outro. Na hora da despedida, cortou-nos o coração em deixá-los por lá, mas prometemos vê-los em breve.

 

Contatos:

Asilo Dom Bosco 

 

A Escola de Teatro Achieta Arte Cênica

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s