Arte e Cultura

Edição especial de Fahrenheit 451 só pode ser lida em contato com o fogo

Texto: Silvio Matheus e Juliana Passos

Fahrenheit 451 é um romance distópico do escritor americano Ray Bradbury publicado pela primeira vez em 1953. A distopia de Bradbury mostra uma sociedade anti-intelectual, onde os livros são ilegais, e qualquer pessoa que seja pega lendo terá o exemplar queimado pelos bombeiros.

A editora Biblioteca Azul relançou Fahrenheit 451 recentemente no Brasil.

Agora, 64 anos depois, um grupo de especialistas em processos gráficos do Charles Nypels Lab, grupo que trabalho em edições conceituais de clássicos da literaturadesenvolveu uma edição especial do livro que só pode ser lida após –ironicamente – entrar em contato com o fogo!

Todas as páginas são pretas, e as letras são reveladas com a aproximação das chamas. Não se sabe se a edição será produzida em grande escala ou se vai se restringir apenas ao experimento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s