Bem-Estar

Mercado de alimentação saudável cresce e estimula microempreendedores

Procura por alimentos sem glúten, sem lactose e vegetarianos está em alta entre os brasileiros e movimenta a economia

Texto: Dyovana Koiwaski e Danilo Vieira 

Seja pela intolerância a determinados ingredientes ou desejo de manter uma alimentação mais saudável, uma coisa é fato: a procura por produtos sem glúten, sem lactose e vegetarianos vem crescendo expansivamente nos últimos anos. Uma pesquisa realizada pelo Datafolha em janeiro deste ano, por exemplo, apontou que 63% dos brasileiros querem reduzir o consumo de carne.

Em relação ao consumo de itens sem glúten e lactose, os fabricantes têm registrado um aumento de até 50% em suas linhas. Nos supermercados, o mix de produtos e o espaço destinado à eles também estão sendo ampliados. De acordo com um estudo da agência de pesquisa Euromonitor, o mercado de alimentação ligado à saúde e ao bem-estar cresceu 98% no país de 2009 a 2014. O setor movimenta US$ 35 bilhões por ano no Brasil.

Com os números positivos, o mercado recebe uma atenção especial dos novos empreendedores. É o caso da cozinheira Tuany Michel, de 27 anos, que está conquistando os consumidores veganos na região do Planalto Norte catarinense. Proprietária da Aluco Produtos Veganos, a jaraguaense utiliza a criatividade unida a uma boa dose de ousadia para criar produtos com sabores marcantes e surpreendentes.

A ideia de desenvolver pratos sem ingredientes de origem animal surgiu há cerca de dois anos, na cozinha de casa, como uma alternativa para incrementar a renda familiar. Com a ajuda da internet, Tuany pesquisou opções de receitas e deu início a uma série de experimentações que levaram à criação da famosa coxinha de jaca, carro-chefe de vendas da empresa até os dias de hoje. “Eu levei quase um ano para acertar a receita. Fui aprimorando até criar minha própria mistura e hoje faço tudo no ‘olhômetro’”, conta ela, sorrindo.

À primeira mordida, a coxinha criada pela jovem cozinheira é igual a qualquer outra: crocante e apetitosa, como é de se esperar. A massa (que leva batata, farinha de trigo e açafrão) é macia e lembra aquelas receitas caseiras do tempo da avó. Mas é no recheio que está a melhor parte: a polpa da jaca é cozida e desfiada até adquirir uma textura fibrosa muito semelhante à do palmito, para depois ser temperada com uma mistura aromática criada pela cozinheira. O resultado é um sabor capaz de agradar a gregos e troianos.

Todo mês, Tuany viaja pela região e leva seus produtos para diferentes eventos, em especial os voltados ao público vegano e vegetariano. “Também trabalho com encomendas, mas é nas feiras que as vendas são mais fortes. Sempre estudo bem o público-alvo para saber se o produto terá aderência, até porque ainda existe muito preconceito com a comida vegana, de pessoas que nem provam porque acham que vai ser ruim”, comenta ela.

A cozinheira Priscila Dal Bosco, de 35 anos, também conseguiu ampliar sua rede de networking e impulsionar a venda de seus produtos atendendo essa nova demanda. Desde 2013, quando a empreendedora começou a se aventurar pela cozinha, já foram muitos eventos para a conta: de Blumenau a Brusque e Corupá, os sanduíches, tortas e molhos da cozinheira já levaram sabor a muitos paladares.

Eduardo Montecino
Casal adaptou iguaria típica alemã às restrições alimentares

Em Corupá, o casal Marlo e Fabiana de Azevedo criaram a Aromen Alimentos, oferecendo delícias como pão de queijo, brownie, tortas e pães sem glúten, sem lactose e vegetarianos. No mês passado, os dois foram ainda mais irreverentes e criaram uma cuca de banana atendendo à tais restrições alimentares. A linha de produtos é um sucesso e está conquistando até mesmo os municípios vizinhos. O casal trabalha com essa linha de produtos desde o início do ano, quando Fabiana percebeu que era intolerante à lactose.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s