Bem-Estar

Coleta de sêmen em Itajaí

Fertilização in vitro é uma nova opção para casais

Texto: Bruna Gonçalves e Tatiane Decker

Quando optou por fazer vasectomia, o primeiro pensamento de Taicil Luz, de 42 anos, foi congelar seu esperma em um banco especializado. Conversando com um amigo aqui e ali, não tinha certeza dessa possibilidade, mas trazia consigo o desejo. Assim, caso a esposa desejasse um novo bebê, além dos dois adolescentes que já tinham, poderiam se utilizar do material e aumentar a família. Mas, acabou desistindo da ideia após constatar a existência de um único local que realizava o procedimento em território nacional. Resultado: a adoção de duas crianças.

Hoje, a vontade de Tacil poderia ser contemplada. O Banco de Sêmen Criovita, uma empresa de serviços de saúde reprodutiva, foi aberto em Itajaí no ano de 2015. O programa do laboratório oferece dois tipos de conservação do sêmen: o Doador Próprio ou o Doador Anônimo.

Laboratorio-500x170
Laboratório Criovita no centro de Itajaí – Imagem: Criovita

A Doação Própria, também dita como terapêutica, é aquela na qual o homem armazena o próprio sêmen para uso futuro. A amostra estará preservada caso haja uma situação de necessidade de radioterapia ou quimioterapia, no tratamento de alguma patologia, o que pode afetar os espermatozoides ou levar à infertilidade ou mesmo optar por fazer vasectomia.

Caracterizada pela conservação de material genético em temperaturas muito baixas, a criopreservação também serve em casos de reprodução assistida e possibilita que casais, sem condições de ter filhos biologicamente, consigam gerar um bebê. É o caso da Doação Anônima. Quem possui essa vontade não precisa se preocupar: a identidade do doador é sigilosa. “Juridicamente, o doador anônimo está resguardado sob qualquer responsabilidade do sêmen doado, além do anonimato. Não existe nenhuma responsabilidade sobre essa criança”, comenta Anna Paula Batschauer, farmacêutica e analista clínica da Criovita.

sala_de_coleta1-500x399
Sala de coleta – Imagem: Criovita

Uma situação real é muito diferente do que demonstram algumas obras fictícias, como no filme Delivery Man, em que o personagem Vince Vaugh descobre a paternidade de mais de 500 crianças geradas a partir da sua amostra. Existem regras para distribuição e a quantidade de crianças nascidas de cada amostra de sêmen é controlada. “Na legislação, isso é previsto. Todas as clínicas, quando utilizam o sêmen, são obrigadas a reportar ao banco de sêmen, dizendo se houve gravidez e se a gestação foi até o final. Isso porque só podemos ter dois nascimentos, um menino e uma menina a cada  um milhão de habitantes”, reforça Vera Lúcia Amaral, bióloga, embriologista e co-proprietária do banco de sêmen.

butijoes-500x350
Reserva de coleta. Imagem: Criovita

Para ser um doador, é necessário preencher alguns requisitos. O candidato à doação deve ser saudável, estar convicto de sua vontade e ter entre 18 e 50 anos de idade. Entre outras necessidades estão a testagem de coleta sanguínea e urinária, a realização de exames para identificação de doenças infectocontagiosas e a análise de perfil genético. O que acaba sendo um benefício para o próprio doador, que recebe estes exames gratuitamente.

Apesar de muitos verem o ato como uma forma de altruísmo e solidariedade com famílias que não podem gerar filhos biológicos, o tema ainda é carregado de tabus. Algumas pessoas enxergam a doação como um ato que o liga à criança e tem dificuldade em quebrar essa visão de vínculo efetivo e concepção de “um filho”. Além disso, muitos nem cogitam a possibilidade.  Com oferta de diferenciação no espermograma, a Criovita é somente o segundo banco de sêmen do Brasil, junto à Pro-Seed, em São Paulo (SP).

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s