Entrevista

A busca por melhores oportunidades

Santa Catarina é o estado com os maiores índices de qualidade de vida do Brasil

Texto: Patrícia Barbosa e Samara Michele

Morar em outro estado, para muitos, é um grande desafio, mas o motivo costuma ser o mesmo: a busca por melhores oportunidades de emprego e renda e, consequentemente, melhores condições de vida. Segundo uma pesquisa da ONU, Santa Catarina possui um IDH de 0,813, considerado um dos mais altos do país. Com suas riquezas naturais, belas praias e um polo industrial crescendo, desperta o interesse de imigrantes para uma nova vida.

Pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2016, revela que houve um crescimento de 14% na população de Itajaí, entre os anos de 2010 e 2016, chegando a mais de 200 mil habitantes. Já na cidade vizinha, Balneário Camboriú, cerca de 80% dos moradores não nasceram no município. Não é novidade que as praias e as belezas de Itajaí e Balneário atraem os turistas. Acontece que alguns deles decidem morar na cidade depois de conhecer as oportunidades. Com isso, as cidades ganham uma pluralidade de pessoas de várias regiões do país. Confira agora as histórias de quem tentou a vida na região do Vale do Itajaí, e continua lutando por seus ideais.

Edjane Maria Martins de Souza, 46 anos, enfermeira

14567519_1660769840899939_8434070767935941693_oPernambucana, morou no estado de São Paulo por 25 anos. Decidiu buscar outra oportunidade numa nova cidade, Itajaí. Assim como toda mudança, Edjane encontrou dificuldades como se firmar no mercado de trabalho, encontrar vaga na creche para sua filha Sara. Sofreu preconceito em relação ao sotaque, mas após 8 anos na cidade e completamente adaptada às mudanças e rotinas do lugar, ela pretende permanecer. “Santa Catarina me trouxe autoconfiança e persistência para sozinha me realizar profissionalmente. Não posso esquecer de poucas e boas pessoas, que me apoiaram e ajudaram nessa cidade que aprendi a admirar! ”

 

10014809_699724586775673_5604072706752912349_oSamanta da Silva Cruz, 28 anos, vendedora

Natural de São Paulo. Está há um mês em Itajaí. Procurou a região para ter uma vida melhor e assume que gosta muito da cidade, pois a cada dia descobre uma nova cultura. Samanta afirma que encontrou dificuldades em encontrar trabalho, porque em todos os lugares é exigido experiência, mas deve-se ter uma oportunidade para mostrar que se é capaz e tem vontade de aprender.

Ednalva Ferreira da Silva, 39 anos, auxiliar de cozinha

1962715_370060993197380_2938750039182754267_nParaense, morou em São Paulo e decidiu vir para Itajaí depois de o marido receber uma proposta de emprego. Se identificou por ser uma cidade tranquila. “Estou amando morar aqui! Logo de cara me apaixonei por esta cidade”. A maior dificuldade, para ela, é o transporte público. Está na cidade há 5 anos e pretende voltar para cidade natal apenas a passeio. “Santa Catarina me trouxe uma vida mais calma e tranquila para criar meus filhos”.

Josiane Suelos, 21 anos, fotógrafa

Fonte: Facebook Josiane SuelosNatural de Chapecó. Com 15 anos, decidiu fazer da fotografia sua profissão. Dois anos depois, embarcava no litoral catarinense a fim de dar início aos estudos. “Meu desejo sempre foi ajudar as pessoas e descobri, na fotografia, áreas que me proporcionam esse auxílio social. Decidi, então, me especializar em fotografia”. Atraída pelo curso tecnólogo da Univali, em Itajaí, prestou vestibular e ENEM ao mesmo tempo, porém, pela ansiedade em começar os estudos, entrou pelo vestibular, pois era a maneira mais rápida. Sem ter nenhuma ajuda de custo para pagar a faculdade, conseguiu bolsa pelo Prouni. Durante 18 anos morou na mesma casa e mudar foi um grande choque de realidade.  Hoje, Josiane é formada, mora em Itajaí e sobrevive da renda de seu ofício. “É uma alegria morar nessa região, com desafios diários, pois viver de fotografia hoje em dia não é fácil. Há muitos profissionais no mercado, o que viabiliza a prostituição do ramo, mas viver a realidade de um sonho e poder dizer que sou fotógrafa é minha alegria. ”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s