Bem-Estar

Ventosaterapia: Marcas na pele que podem trazer benefícios

Técnica milenar vira febre entre atletas e portadores de dores crônicas

Texto: Gabriel Silva e Sérgio Augustin
Foto: Sérgio Augustin

O nadador Michel Phelps foi destaque nas Olimpíadas de 2016 por, além de ganhar suas medalhas, aparecer com marcas redondas pelo corpo durante as competições. Parecia uma novidade, mas as marcas na pele dele são de uma técnica que é aplicada há mais de dois mil anos. A ventosaterapia ou “cupping” é um tratamento milenar que utiliza a sucção da pele como forma terapêutica.

O procedimento se baseia nos pontos da acupuntura, onde são colocados os copos – as ventosas. Por meio do vácuo que é produzido dentro delas, a circulação sanguínea é estimulada e, com este processo, são liberadas as toxinas existentes no sangue.

WhatsApp Image 2017-08-24 at 19.13.26 (3)

De acordo com o massoterapeuta Iago Gonçalves, a ventosaterapia pode ser utilizada como auxílio para tratamentos com fins terapêuticos e é grande aliado de outras técnicas de massagem. “Quando a circulação é ativada através da ventosa, o aumento de sangue favorece a nutrição de músculos, alivia as tensões, dores musculares e articulares. Em alguns casos, o uso da técnica também é associado a procedimentos estéticos, como por exemplo o tratamento de celulites e estrias”, explica.

Gonçalves destaca que depois que o assunto surgiu na mídia houve maior aceitação da técnica. “Como já trabalhava com essa técnica muito antes de ficar famosa nas Olimpíadas de 2016, isso só impulsionou o uso nos meus clientes de tratamentos relaxantes e terapêuticos. Eles começaram a aceitar melhor as marcas no corpo como um recurso terapêutico mais avançado”.

Por causar dor e deixar hematomas pelo corpo, a ventosaterapia ainda sofre certo preconceito, mas esses desconfortos são necessários para o efeito da terapia. “Apesar de ser uma técnica agressiva para o corpo, pois em alguns casos a pele fica com marcas avermelhadas ou roxas, não há muitas contraindicações da prática. Caso a pessoa tenha problemas de pele como micoses, ferimentos recentes, psoríase, cortes e dermatites em geral, aconselho a não receberem a técnica. Assim como em mulheres grávidas e clientes com problemas cardíacos também não é aconselhado sem o aval clínico”, enfatiza o massoterapeuta.

WhatsApp Image 2017-08-24 at 19.13.51

Iago ressalta os efeitos da ventosaterapia na melhora da performance esportiva. “Atendi atletas de diversas modalidades, como por exemplo lutadores de Muay Thai, que após o tratamento com as ventosas se sentiam mais leves nos treinos, mais rápidos nas lutas e até mesmo mais calmos. No caso de atletismo, um deles me relatou que antes de correr ele se sentia no seu limite, mas ao fazer a técnica um dia antes da competição durante a prova ele relatou que queria mais, que podia correr muito mais e não se cansava. Já na parte de bodybuilder, o atleta se sentiu mais leve nos treinos e muito mais firme durante a musculação e aguentou mais cargas e mais repetições”, enfatiza.

Vale lembrar que cada paciente é diferente do outro.  Somente um profissional especializado na técnica da ventosaterapia pode avaliar o que é melhor e mais adequado para cada pessoa.

ventosa gif

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s