Bem-Estar

Distribuição de senhas para castração inicia na quarta-feira em Camboriú

Ação irá priorizar famílias com renda de até dois salários mínimos. Serão realizados até dois procedimentos por cadastro

Texto: Dyovana Koiwaski e Danilo Vieira

A partir da próxima quarta-feira (23), moradores de Camboriú que tenham renda de até dois salários mínimos no núcleo familiar terão acesso à castração de cães e gatos, podendo ser machos ou fêmeas. Serão 40 senhas distribuídas por semana, que devem alcançar o número de 900 animais castrados até o final do ano.

Até o mês de agosto, mais de 100 bichos passaram pelo procedimento por meio da Fundação Camboriuense de Gestão e Desenvolvimento Sustentável (Fucam). O secretário de Saúde, Ronnye Peterson dos Santos, explica que a contratação de uma clínica específica para as cirurgias levou em conta o impacto que o grande volume de animais abandonados em Camboriú pode causar no setor público.

“O município é responsável por esse serviço porque a castração é a principal maneira de reduzir o número de animais nas ruas da cidade. Na maioria das vezes esses cães e gatos não são vacinados e oferecem risco de endemias, como sarna e raiva”, aponta o secretário. O objetivo, segundo ele, é atender as famílias com menor renda, que não teriam condições de arcar com esse custo, além de beneficiar os bichos que já estão abandonados.

O veterinário da Fucam, Leandro Agostini dos Santos, é o responsável pela avaliação física dos animais antes das cirurgias e destaca que o procedimento consegue aumentar a expectativa e a qualidade de via dos cães e gatos. “Ela previne tumores, os deixa mais calmos e, nos machos, reduz o hábito da demarcação de território. O próprio controle populacional dos animais também impacta no bem-estar, considerando que gatos e cachorros abandonados nas ruas estão sujeitos a sofrer com fatores como frio, fome e violência”, reforça.

Como solicitar a castração

As 40 senhas destinadas ao agendamento da castração serão distribuídas prioritariamente na quarta-feira, diretamente na Fucam, localizada na Rua Joaquim Nunes, nº 285, das 9h às 17h. Caso as vagas não se esgotem neste dia, as senhas ficarão disponíveis para retirada no restante da semana.

Para o cadastro, é necessário apresentar um comprovante de residência, RG, CPF e comprovante de renda dos membros da família com idade acima dos 18 anos. Quem não tiver rendimentos, deve apresentar uma declaração informando ausência de renda, também reconhecida em cartório.

Serão castrados até dois animais por solicitante, sendo que cada um deve pesar no máximo 12 quilos e ter no mínimo cinco meses de vida. Cadelas e gatas que estejam no cio ou com filhotes, não poderão ser atendidas. “Nesses casos, pedimos que as pessoas esperem o cio acabar ou aguardem um prazo mínimo de 45 dias após o parto da ninhada para agendar o procedimento do bichinho”, esclarece o veterinário da Fucam, Leandro Agostini.

As castrações serão realizadas na clínica La Pet, no centro de Balneário Camboriú. As senhas serão retiradas na Fucam para que o veterinário avalie a saúde do animal e verifique se ele está apto para passar pela cirurgia. O responsável pelo animal tem a responsabilidade de levá-lo até a clínica na data e horário agendados para o procedimento.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s