Bem-Estar

Prefeitura de Balneário Camboriú capacita servidores para a produção de orgânicos

Produtos orgânicos garantem mais qualidade de vida aos consumidores e agricultores.

Texto: Caroline de Borba e Paula Dagostin

O Departamento de Fitoterapia de Balneário Camboriú oferece para servidores públicos uma formação continuada sobre práticas orgânicas. Os funcionários do Departamento de Economia Artesanal também fizeram parte da formação. As plantas fitoterápicas como hortelã, camomila entre outras são distribuídas gratuitamente a comunidade e podem ser retiradas nas segundas, quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 18h, no Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta.

A ideia de oferecer essa formação continuada partiu da bióloga e diretora do Departamento de Fitoterapia, Carla Bravo. O conhecimento adquirido já está sendo colocado em prática no horto do município. Os servidores aprendem sobre todo o processo de plantio, desde preparação da terra até a colheita. “Paralelamente ao curso de formação continuada, as práticas já estão sendo introduzidas no cotidiano do horto de plantas fitoterápicas”, explica Carla.

35923632820_dc18e51697_z
Servidores recebendo instruções da engenheira agrônoma Dalva Sofia Schuch. (Foto: Celso Peixoto)

Os produtos orgânicos são livres de agrotóxicos ou fertilizantes, partem de uma perspectiva ecológica que visa preservar o meio ambiente. Por meio de etapas como compostagem, adubação verde e diversidade de culturas, a produção orgânica baseia-se em uma agricultura natural, de forma a não agredir a natureza. A engenheira agrônoma Dalva Sofia Schuch enfatiza que os produtos orgânicos contribuem para a saúde dos agricultores, consumidores e para o meio ambiente.

Por considerar uma opção mais saudável e sustentável, a estudante de Ciências Biológicas Bruna Medeiros utiliza produtos orgânicos como arroz, açúcar, cookies e barras de cereal. “É a opção que menos agride a saúde e o meio ambiente, tendo em vista a quantidade de pessoas doentes devido à má alimentação. Além disso, os produtos orgânicos favorecem a saúde do agricultor, pois são livres de agrotóxicos, pesticidas e herbicidas”. 

Apesar da dificuldade no acesso aos produtos, Bruna pretende aumentar seu consumo de orgânicos, aos quais atribui um sabor menos artificial. “Utilizar-se somente de produtos orgânicos é dificultoso na região, tendo em vista que há poucos restaurantes que optem pela culinária orgânica, além do alto custo do consumo atualmente. Mas sempre que estiver ao meu alcance pretendo optar por orgânicos, valorizando a saúde, o meio ambiente e a agricultura familiar”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s