Tecnologia

Machismo nos Games: Donzelas em Perigo

Entenda mais sobre o recurso narrativo que utiliza a figura feminina para impulsionar a história de personagens masculinos

Texto:  Victória Severo

Donzela em perigo é um recurso narrativo amplamente difundido na sociedade. Ele consiste no rapto, geralmente, da namorada do protagonista, que na maioria das vezes é um homem. A jornada do resgate está presente em vários meios midiáticos: cinema, televisão, quadrinhos e especialmente nos videogames. Para o coordenador do curso de Design de Jogos e Entretenimento Digital da Univali, Tiago Vinícius Ficagna, as empresas estão começando a perceber a demanda por uma mudança. “Na verdade, salvar a donzela tem disputado lugar com salvar a humanidade.”

O significado atribuído à donzela é de uma mulher solteira e virgem. Essas mulheres são então colocadas em posição indefesa, raptadas pelo vilão para serem salvas pelo herói da história. Essa tática narrativa está presente desde jogos clássicos como a franquia Super Mario até em jogos contemporâneos como God of War. Para Tiago, essa fórmula é popular pois é comercialmente atrativa, já que ela se utiliza da Jornada do Herói (Monomito), de Joseph Campbell, e simplifica o chamado para a aventura, já que esse pode ser qualquer coisa.

Sem título-2

De acordo com Artur Palma Mungioli, mestre em Comunicação, as figuras femininas nos games são muitas vezes consideradas apenas objetos de cena, como é o caso da Princesa Peach, em Super Mário. Para o pesquisador, a falta de personalidade dessas personagens muitas vezes é disfarçada com comportamentos arrogantes e impertinentes. “Nada a afeta, ela inicia e termina a história sem ter se transformado ou crescido como personagem”, destaca Artur em seu artigo.

gif
Super Mario Odyssey – Nintendo Switch Presentation 2017 – Trailer

Outro clichê narrativo utilizado é o da “Mulher na Geladeira”, esse termo foi cunhado pela roteirista de histórias em quadrinhos Gail Simone, em 1999. O termo se refere à edição 54 da revista do Lanterna Verde (1994), quando ao chegar em casa ele encontra a namorada morta na geladeira. Essa dinâmica acontece quando o sofrimento feminino é explorado apenas para impulsionar a história do personagem masculino, morte ou violação de suas namoradas, esposas ou filhas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s