Esportes

Alpinista quer subir os sete maiores montes do planeta

Texto: Rodrigo Rodrigues e Elyson Gums

A primeira escalada foi em Huayana, em 2008. A montanha, com 6.088 metros de altura, fica na Bolívia, América do Sul.  Agora, ele tem um plano que pode ser chamado de audacioso, maluco, diferente e perigoso. O alpinista Hélio Fenrich, de Jaraguá do Sul, quer subir as sete maiores montanhas do mundo e intitulou essa plano insano de “Projeto de Sete Cumes”. Está no meio do caminho, já chegou ao cume do Aconcágua, na Argentina, do Elbrus, na Rússia, e do Kilimanjaro, na África. No momento, ele deve estar congelando no monte Denali, maior montanha da América Norte, com 6190 metros de altura. Alto e frio, pois as temperaturas do Denali variam entre -30 °C e -50 °C no verão. Só o fato de concluir o objetivo já é algo de se tirar o chapéu. No entanto, Hélio faz todos estes percursos de forma solitária, o que dificulta ainda mais seus objetivos.

“A ideia de fazer em solitário é por causa da superação, do desafio. Se eu fosse com uma agência comercial não seria eu. Só exige de você um planejamento maior, uma tomada de decisão que se o alpinista está com agência comercial não acontece, pois você vai somente seguir os passos que os outros definirem”, explica.

Catarinense já enfrentou temperaturas de frio extremo (Foto: Arquivo pessoal)

Por onde já foi

A montanha mais alta fora do continente asiático e, por extensão, é o cume mais elevado dos dois ocidentes. Hélio já teve o privilégio de prestigiar a bela visão desta montanha que tem 6.191 metros de altura, localizada na Cordilheira dos Andes, na Argentina. Outro local que o catarinense já deixou suas pegadas foi o monte Elbrus, na Rússia, próximo à fronteira com a Geórgia.  Além de ser a montanha mais alta da Europa, o Elbrus também é um vulcão extinto. Nesta jornada audaciosa, o alpinista também foi ao Kilimanjaro, maior montanha da África. Localizado na froneira entre a Tanzânia e o Quénia, tem altura de 5.895 metros. É um vulcão, não ativo, coberto de neve.

Alpinista homenageando a Chapecoense (Foto: Arquivo pessoal)

Ainda irá

Se tudo der certo, Hélio ainda irá ao monte Everest. Localizado na fronteira internacional do Nepal e China, é a montanha mais alta do planeta, com 8.848 metros de altura. Outro pico que Hélio irá percorerr é a Pirâmide Carstensz, na Oceania. Com altura de 4.884 metros, é a nono lugar mais alto do mundo. O pico perdeu altitude no século passado por contado do degelo glacial do local. O último monte que Hélio irá subir é o Vinson, no continente Antártico. O local, com 4892 metros de altura, tem picos que ainda não foram visitados por seres humanos. Ou, pelo menos, não registrados.

O alpinista tem patrocinadores, mas ainda não é o suficiente para concluir o objetivo, segundo ele. Pelo e-mail heliofenrich@gmail.com, os apoiadores podem entrar em contato e ajuda-lo com essa façanha histórica.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s