Notícias

Diversidade cultural, sotaques e suas nuances

Balneário Camboriú: cidade com moradores de variadas regiões conta com pluralidade de sotaques

Texto: Anna Paola Paraná, Daiane de Souza e Maria Eduarda Cagneti 

São muitos os elementos que determinam a nossa identidade. Um deles é o sotaque, característica que atinge todas as pessoas e as diferencia por questões geográficas e culturais. A fonoaudióloga Thauana Crispim, formada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), explica que o sotaque se revela através da forma pronunciada dos sons ao emitir a fala. É um fenômeno natural, que ocorre em todas as regiões do mundo e não atrapalha a linguagem.

O Brasil é muito rico e distinto entre suas regiões. Até mesmo dentro de Santa Catarina notamos diferentes sotaques, de um local para outro. No litoral a influência açoriana é maior, já em outras regiões a colonização italiana e espanhola se deu de modo bastante presente, o que influenciou diretamente nos sotaques.

A partir do sotaque, muitas vezes a identidade regional da pessoa e até mesmo um pouco da sua história podem ser identificadas. Fator que pode gerar preconceito de certos indivíduos e até mesmo exclusão, por exemplo, na hora da seleção para um emprego. Mas tanto Thauana quanto Maryualê Malvessi, doutora em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Minas Geais (UFMG), fazem questão de frisar que os diferentes sotaques não prejudicam a fala, entretanto, geram, sim, situações de discriminação.

Maryualê explica que não existe um sotaque “neutro”. O que existe é a maior aceitação do sotaque do Sudeste, por ser uma localidade com papel econômico mais influente perante as outras regiões do Brasil. A pernambucana Raquel Marques, estudante de 22 anos, mora em Santa Catarina há seis anos e até hoje mantém o sotaque bem característico. Ela fala que a maioria das pessoas, ao começar a conversar com ela, já comenta a respeito. Na época em que se mudou, ainda na fase escolar, alguns colegas deixavam de falar com ela, alegando que o sotaque os irritava. E agora, cursando a faculdade, já encontrou problemas com um docente do curso que sempre optava por outras pessoas na hora da apresentação de trabalhos, por conta do sotaque de Raquel.

Mas a estudante adora a sua pronúncia e a considera uma parte muito importante da sua personalidade. “Tem gente que gosta e gente que não gosta. É como achar alguém bonito ou feio, questão de gosto mesmo”, compara. Já Luiza Calliari, 21, nasceu em Pato Branco (PR), e frequentemente escuta pessoas comentando que sua dicção é caipira e da roça. Luiza afirma não se importar, e ainda comenta que com o passar dos anos e morando em outro estado, perdeu um pouco do sotaque interiorano.

Hussein Termos, 20, veio do Líbano há dois anos e trabalha no comércio, no centro de Balneário Camboriú. Nas primeiras palavras já é notável sua pronúncia completamente diferente do habitual, e é fácil perceber que sua língua de nascença é o árabe. Hussein conta que alguns parentes, moradores do Brasil há mais tempo que ele, têm mais dificuldade na hora de falar português e o sotaque é ainda mais explícito. “Sempre falam da minha pronúncia, mas de um jeito positivo. Inclusive tenho clientes que compram justamente por isso”, garante.

Thauana e Maryualê são unanimes em dizer que certas pessoas têm mais facilidade para adquirir sotaque do que outras. E todo mundo tem potencial parar perder um pouco do sotaque, caso seja essa a escolha individual. Existem exercícios próprios para tal e é importante passar por uma avaliação com um fonoaudiólogo para iniciar o processo. Mas é muito importante ressaltar que os diferentes sotaques nos fazem um povo mais plural e diversificado. Faz parte da individualidade de cada um e não deve haver espaço para preconceito. Aprecie a nossa multiplicidade.

Áudio que evidencia diferentes sotaques:

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s