Economia

Além das rodas na lama: Fenajeep impulsiona a economia brusquense

Além de ser uma das festas mais tradicionais em Brusque, a Fenajeep proporciona à cidade um faturamento que movimenta a economia significativamente. As milhares de pessoas que estiveram no evento fizeram diferença na situação financeira do comércio local.

Texto e edição: Dieize Coimbra, Helena Moreira e Marília Cordeiro

A 24ª Fenajeep (Festa Nacional do Jeep) levou a Brusque cerca de 50 mil pessoas entre os dias 14 e 18 de junho. O evento movimenta não apenas a economia da cidade, mas também a dos municípios próximos. Isso fica bastante nítido no setor hoteleiro. Muitas pessoas acabam se hospedando em locais próximos, pois os hotéis da cidade não comportam toda a demanda dessa época. Isso sem contar com os valores da hospedagem que sofrem alterações.

gif

Edson de Oliveira é recepcionista de um dos hotéis mais tradicionais de Brusque e explica que existem várias situações nessa temporada. “A cidade não possui muitos hotéis e esse é um evento que acontece quase sempre nos feriados. O movimento é muito grande. Então, fazemos reservas para todos os dias do evento”. O valor desses pacotes tem aumento bastante expressivo. Ele explica, inclusive, que essa estratégia é utilizada por toda a concorrência. Em outro hotel, com padrão mais elevado, por exemplo, o valor triplicou (passou de R$200 para R$650 a diária).

Aqui alguns exemplos dos pacotes mais comuns e os respectivos valores das diárias:

Oscilação de preços em hotéis durante a Fenajeep

Os demais setores comerciais também ganham com o evento. Com a grande movimentação de pessoas na cidade, todos os segmentos receberam visitantes que chegam de todas as partes do país a procura de roupas, calçados e até vinhos.

O shopping, que fica anexo ao hotel, lojas maiores como a Havan e principalmente os comércios que ficam em seu entorno – próximos ao pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof , onde acontece o evento – tiveram seus estacionamentos lotados. Isso faz com que todos se beneficiem com a festa, pois os participantes aproveitam para comprar presentes, lembranças e, é claro, comer. O consumo/movimento em restaurantes, lanchonetes e praças de alimentação também foi intenso.

Prova disso é a vinda de grupos como os primos Júnior, Thamires e Wellington Dias que saíram de Navegantes para a festa. Ela foi para conhecer os carros e as corridas de perto e gostou muito. Thamires sempre gostou de trilhas e disse que pretende voltar. Os meninos também aproveitaram as provas, que é o ponto alto das competições.

O jeepeiro Felipe Stasun é membro do grupo Jeep Clube de Navegantes e marcou presença no evento. “Sempre participamos das competições, seja em trilha ou nos percursos de obstáculos”. Ele ainda não possui veículo 4×4, mas acompanha os amigos no salão Off-Road para ficar sempre atualizado com relação às novidades desse setor.

Além do comércio local, a Fenajeep traz o salão Off-Road, onde o público encontra uma grande variedade de artigos personalizados do evento. Essa inclusive foi uma novidade nesta edição. Também no salão, os jeepeiros podem conferir os lançamentos na área de equipamentos, como explica o presidente do Brusque Jeep Clube, Vilmar Walendowsky. “Quem passa pelo Salão encontra o que tem de novidade em termos de acessórios. Muitas empresas, inclusive, se programam para lançar seus produtos dentro da Fenajeep”.

Atividades diversas também complementam e movimentam o evento. Há o Jeep Indoor, Gaiola Cross e Desafio Fenajeep no pátio externo, a presença da Polícia Ambiental e Feira de Artesanato. No sábado também ocorrem os passeios Expedition e Radical, além do Rally.

Quem aprova é Fernanda Medeiros, navegantina, que esteve em Brusque para conhecer a festa e ficou satisfeita com as opções de entretenimento do evento. Confira no áudio:

Sobre o possível deslocamento do encontro para Balneário Camboriu, Walendowsky esclarece: “Nós precisamos de espaço para fazer o evento, que hoje já está apertado. Caso não aconteça negociação com a família Hoffmann, nós teremos que procurar um outro lugar. Dentro da possibilidade, a prefeitura de Brusque cooperou”.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s