Política

Política de corte de gastos da Prefeitura de Brusque gera polêmicas

Em meio aos cortes em projetos sociais, Prefeitura de Brusque contrata comissionados e reajusta valores de diárias de servidores

Texto: Bernardo Marucco, Erickson Stocker e Lucas Filus

O Poder Executivo de Brusque iniciou o ano com a promessa de equilibrar as contas públicas e dar prioridade aos setores mais necessitados. Problemas envolvendo a manutenção asfáltica de ruas e obras de macrodrenagem foram herdados de administrações passadas e mereceram atenção urgente. Segundo o prefeito Jonas Paegle, em campanha, sua meta inicial era a continuidade desses trabalhos e atenção igualmente dada a parte da saúde, em que a finalização da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Santa Terezinha era prioridade.

Após cinco meses de trabalho, pouco – ou quase nada – foi percebido pela população. Políticas de cortes de gastos começaram logo em fevereiro, quando Jonas anunciou a não admissão de cargos comissionados, além dos que já haviam. Promessa mantida até o último dia 16 de maio, quando, em uma série de nomeações, pôs mais quatro nomes para integrar cargos comissionados. Isso em secretarias que já contam com servidores efetivos e outros comissionados, como é o caso da Saúde, com 15 integrantes na administração geral registrados no início de 2017.

Outra modificação que gerou polêmica está relacionada a alteração nas diárias pagas pela prefeitura em viagens efetuadas por servidores públicos, na mesma semana das contratações citadas acima. Os reajustes variam de 7% a 33%, depende do cargo ocupado pelo servidor. Para cargos de segundo e terceiro escalão e servidores efetivos, a diária comum passa de R$ 30 para R$ 40 ou R$ 50 (no caso de ultrapassar sete horas fora do município). Esse reajuste é de 33%.

Também houve reajuste para pessoas do alto escalão, como prefeito, vice e outros cargos de gabinete e secretarias. A diária passou de R$ 72 para R$ 90 (sem pernoite) e de R$240 para R$280 (com pernoite). Os reajustes foram nos percentuais de 25% e 16,6%, respectivamente.

Segundo o portal de transparência do Poder Executivo, a prefeitura tem um gasto mensal de aproximadamente R$ 534 mil somente com a folha de pagamento de cargos comissionados. Com a admissão de quatro novos funcionários do alto escalão, os gastos mensais tiveram um acréscimo de R$ 51.384.

Quem sofre é esporte

Se de um lado a prefeitura gasta mais, de outro ela corta atividades sociais. Como é o caso do corte de profissionais no projeto de vôlei da Associação Brusquense de Esportes e Lazer (Abel). O projeto é mantido pela iniciativa privada e pública, em que a prefeitura arca financeiramente com os professores desde o início. Até o momento do corte, a Abel mantinha 18 escolinhas espalhadas pelo município, oferecendo instrutores capacitados em ensinar o esporte gratuitamente para cerca de mil crianças. Agora, a iniciativa foi reduzida para 4 núcleos, mantidos com fundos da Lei de Incentivo ao Esporte, do Governo Federal.

Os times principais da Abel frequentemente participam de competições nacionais e internacionais, trazem bons resultados para o município e conquistam títulos. Em 2016, a equipe infantil ganhou o título da Copa Mercosul de Voleibol.

18620644_1084810578317350_6287442036329638918_o
Ariadne, Carol e Gabriela. Atletas do infanto juvenil da Abel, integrantes da seleção catarinense de vôlei.

Sem horizonte, o coordenador do projeto, Maurício Thomas, revela o descontentamento com a decisão do Executivo de parar com o auxílio. “Ele me explicou que não pode contratar ninguém, que a folha salarial está inchada. Falei então que, se a folha está inchada, tem que ver quem está de fato trabalhando”. Ele ainda reforçou as dificuldades de iniciar um projeto, trabalhar para dar certo e ver tudo se perder de uma hora para a outra.

A Fundação Municipal de Esportes (FME), por meio do superintendente Ademir Luiz de Souza, ressaltou a atual dificuldade em viabilizar muitas ações planejadas devido ao baixo orçamento da pasta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s