Tecnologia

As novas caras do Youtube na região de Itajaí

Criatividade, planejamento e dedicação: o trabalho por trás de novos produtores de conteúdo na plataforma de vídeo mais conhecida do mundo

Criatividade, planejamento e dedicação: o trabalho por trás de novos produtores de conteúdo na plataforma de vídeo mais conhecida do mundo

Texto: Lucas Filus, Bernardo Marucco e Erickson Stocker

Começou como uma brincadeira, foi se apresentando como algo promissor e se transformou em uma realidade positiva para milhares de pessoas. Um youtuber, termo que define aqueles que dedicam tempo à produção de conteúdo no terceiro site mais visitado do mundo, passa por muitos rótulos. O início pode ser visto com desdém pela maioria – acostumada com meios tradicionais de criar uma carreira e, por alguns motivos, ainda ignorante quanto à internet. Um único vídeo pode ser a chave para o sucesso, formando um atalho na, às vezes, lenta trajetória de um desses profissionais. O natural é caminhar em pequenos por alguns meses – ou anos – e abraçar as oportunidades que nascem conforme o projeto ganha corpo.

B
Bianca é apaixonada por maquiagem e quer unir o lazer ao trabalho

Bianca Santiago tem 17 anos, mora em Balneário Camboriú e recém se formou no terceiro ano do ensino médio. Encarando as decisões corriqueiras a todos os jovens nessa época da vida, a garota não teve dúvidas em relação aos experimentos: fará faculdade – acabou de ingressar no curso de administração pública, mas aposta suas fichas em um canal sobre maquiagem no YouTube. Ainda está em processo inicial, tendo acumulado 12 mil visualizações. Bianca acredita que a plataforma seja alvo de um preconceito raso. “Concluem que é uma tarefa fácil. Aqueles que levam essa ocupação a sério precisam de planejamento, disposição e criatividade”.

Sua maior motivação vem dos conselhos e apoio dos familiares. Um de seus objetivos é tocar o interior de quem está do outro lado da tela. “De algum jeito, quero ajudar as pessoas. Pode parecer bobo, mas uma simples maquiagem pode aumentar bastante a autoestima de uma mulher”, analisa a jovem. É através dessa conexão real entre transmissor e espectador que se cria o engajamento necessário para o crescimento.

Também da cidade litorânea, Bruno Fabil completa 21 anos no próximo mês e já colhe alguns frutos do seu esforço independente – e não convencional. Há dois anos lançou o seu canal Planeta Novo, que foca em materiais humorísticos nos mais variados quadros. Sem tantos recursos, começou com vídeos esporádicos e um trabalho forte na divulgação. Sem compartilhar, demonstrava frequentemente o que tinha a oferecer por meio das redes sociais e foi criando um amplo networking.

Com parcerias e mais parcerias, juntamente com a integração de um editor fixo e um calendário de conteúdos, Bruno cresceu exponencialmente. Hoje em dia, contabiliza mais de 55 mil inscritos e outros 36 mil seguidores no Twitter, Facebook e Instagram. Posta material novo de segunda a segunda e, mantendo alguns dos quadros originais e reformulando outros, passou a ser conhecido tanto no litoral catarinense  como em outras regiões. Passou a realizar shows de stand up comedy no Vale do Itajaí e em outros estados, além de participar diariamente de um programa na rádio Transamérica FM, de Balneário Camboriú.

BB
Com seus conteúdos humorísticos, Bruno pretende alcançar os 100 mil inscritos em 2017

Para ele, esse esforço representa uma porta de entrada para muitas oportunidades. “Outras mídias costumam abrir portas para qualquer influente, e em uma terra de livre mercado de criação eu tenho chance de alcançar metas diferentes”. Paciência, claro, é uma palavra chave em todo esse processo de crescimento. “No começo, o YouTube era apenas um custo e não um lucro. Hoje, ganho entre 5 e 15 mil inscritos por mês, advindos da aproximação que temos com o público”. Essa questão do nicho, a especificação do público-alvo, nos leva ao próximo entrevistado.

Marcelo Nunes faz uso dos vídeos para expandir o seu alcance. Isso porque ele já conta com uma audiência constante em suas aparições no Jornal do Meio Dia da RIC Record e outros programas, falando de esporte. O itajaiense de 28 anos exerce função de apresentador e repórter na televisão, enquanto trabalha no seu projeto, O Camiseteiro. Com foco no Facebook e publicação simultânea no YT. Quanto aos recursos necessários para o seu canal, é direto: “No meu caso, só precisei de disposição. Já tinha tudo aqui (uniformes de futebol) e a parceria de um cinegrafista. É possível fazer um canal com pouco investimento”, declarou o produtor de conteúdo.

MM
Marcelo é outro que investe em falar sobre sua paixão, camisas de futebol

O fato é que ninguém mais pode desprezar a internet e, especialmente, os youtubers. Números, resultados e repercussão já provaram que acabam se tornando formadores de opinião – eventualmente, usam de uma única rede social como o ponto de partida para grandes projetos. É trabalho, é hobbie, é carreira. Os que atingem o topo compartilham de uma única característica – o profissionalismo e a dedicação. Com talento, não há motivos para serem travados. A independência faz valer a pena qualquer menosprezo inicial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s