Bem-Estar

Hortas orgânicas: busca por qualidade de vida e sustentabilidade

Além de equilibrar o solo, as hortas caseiras favorecem a saúde humana e permitem melhor qualidade dos alimentos. Cultivo de alimentos pode ser feito em pequenos espaços .

Além de equilibrar o solo, as hortas caseiras favorecem a saúde humana e permitem uma alimentação mais nutritiva. Cultivo sem agrotóxicos pode ser feito em pequenos ou grandes espaços urbanos

Texto: Bruno Golembiewski e Fernanda Vieira
Edição: Daniella Machado

Em seu apartamento, o aposentado Venésio Reis, 70, cultiva flores e ervas em sua sacada e, ao mesmo tempo, cuida de uma horta feita por ele mesmo, nos fundos do estacionamento do prédio. Ele morou por 40 anos numa casa e em 2013 mudou-se para o edifício na rua Lauro Muller, no Centro de Itajaí. Apesar de ser mais complicado, ele soube utilizar bem os espaços à disposição. Sempre gostou de hortas e viu num espaço inutilizado pelo condomínio uma oportunidade.

Após seis meses morando no prédio, Seu Venésio convenceu o síndico e iniciou a limpeza do espaço, que havia virado um depósito para materiais de construção. Depois disso, escolheu e plantou diversos legumes, verduras e ervas de vários tipos. “Às vezes não consigo dormir. Desço, pego e faço um cházinho de erva-cidreira para me acalmar”, conta.

IMG_8944
A horta suspensa (canos na parede) é usada para cultivar morangos (Foto: Bruno Golembiewski)

A resistência do síndico acontecia pelo fato de não ser justo um único morador ter direito a usar o espaço. Mas, depois do aceite, ficou ainda mais comprovado que não seria de uso só do Seu Venésio. Há três anos a horta do aposentado tornou-se comunitária. Hoje em dia, vizinhos de porta descem e pegam hortaliças frescas e orgânicas.

Enquanto mostrava sua horta, Venésio lamentou o fato de pegar pouca luz do sol, por ser um espaço reduzido e estreito, com pouca incidência solar. A horta é orgânica, sem uso de quaisquer produtos ou agrotóxicos. “Os bichinhos podem comer também, sem problemas”, brinca.

Seu Venésio faz o próprio adubo. Utilizando a técnica da compostagem, ele enterra cascas de frutas, legumes e outros restos de alimentos em um canto, cobre com terra e aguarda. Um tempo depois, remove a terra adubada e aplica em outros locais da horta. “Fica uma terra muito boa, cheia de minhocas”.

A atividade de plantar o próprio alimento conquistou até mesmo um velho amigo de Venésio. “A dele é maior e mais bonita”. O amigo é Pedro Brandt, aposentado de 65 anos, que cuida há mais de 35 anos de uma horta nos fundos de sua casa. Natural de Taió, trouxe seus conhecimentos da vida no campo e aplicou-os em casa. São muitos tipos de legumes, verduras, frutas, hortaliças e ervas.

Assim como o amigo, a horta de Pedro é totalmente livre de agrotóxicos. Segundo ele, o segredo está no cuidado. Todos os dias ele dedica um parte da sua manhã para averiguar se tudo está como deveria. “Se cuidar com amor, nasce tudo”, explica.

Todas as verduras consumidas em casa vêm do próprio quintal. São muitas. Quando a sobra é excessiva, ele leva para os vizinhos. Em restaurantes, Seu Pedro não come verduras. “No meu quintal eu confio”, garante.

IMG_8968
O cuidado com a plantação orgânica requer muita atenção na horta de Pedro (Foto: Bruno Golembiewski)

Com brilho nos olhos, ele se despede do amigo Venésio, dá dicas, um punhado de brócolis e outras mudas para que o amigo plante na horta do prédio. “É uma terapia diária, faz bem pra tudo. É como se fosse uma farmácia, porque fico saudável e não preciso comprar remédios. Muito do que preciso tenho aqui”, finaliza Pedro.

Benefício ao ser humano e ao meio ambiente

As hortas caseiras ganharam espaços em sacadas de apartamentos e diversos espaços antes deixados de lado. Sem utilizar agrotóxicos, os alimentos cultivados podem até nascer menores do que o comum, porém são ricos em nutrientes e não ferem o solo. Segundo a engenheira agrônoma Dalva Sofia Schuch, o brasileiro consome certa de sete litros de venenos (ligados ao agrotóxico) por ano.

IMG_8959
“Os alimentos da minha horta só precisam de água e estão prontos para comer”, diz Pedro (Foto: Bruno Golembiewski)

A técnica natural da compostagem é cada vez mais utilizada entre os brasileiros. Criar o próprio adubo e abandonar a prática centenária do uso de químicos no solo é uma forma de sustentabilidade. “Esse é o caminho para uma vida sustentável”, afirma Dalva. As composteiras funcionam a partir da fermentação de materiais orgânicos unidos à terra.

De acordo com Dalva, a compostagem evita que resíduos alimentares (cascas, restos de alimentos, etc) sejam descartados. Assim, o cidadão joga no lixo apenas materiais recicláveis. “É possível recuperar o solo mesmo após a aplicação do agrotóxico a partir do processo natural de adubagem”, explica a agrônoma.

Cultivar uma horta orgânica é uma maneira saudável até mesmo para repelir insetos. Segundo a engenheira agrônoma, o cultivo orgânico afasta parasitas indesejados devido ao adubo natural. Isso porque a aplicação de agrotóxicos libera radicais livres no solo, facilitando a alimentação e proliferação dos insetos.

Contato com a horta reduz o estresse

Os benefícios de cultivar uma horta em casa vão além de uma boa alimentação. Sujar as mãos com terra, mexer e conversar com plantas pode até mesmo ser um bom aliado para a saúde mental. “Essa atividade aumenta a autoestima das pessoas, principalmente dos idosos”, comenta Dalva.

IMG_8961
Repolho, cebolinha, brócolis, alface, ervas medicinais e frutas são cultivadas no quintal de casa (Foto: Bruno Golembiewski)

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) criou um manual com o passo a passo para uma horta em pequenos espaços. O livro é gratuito e está disponível na íntegra no site da Embrapa, com informações sobre o processo inicial de uma horta orgânica, o preparo do solo e explicações sobre hortaliças.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s