Economia

Como garantir o emprego em tempos de crise?

Há 78 anos na mesma empresa, morador de Brusque é recordista em tempo de serviço e também em simpatia no trabalho

Há 78 anos na mesma empresa, morador de Brusque é recordista em tempo de serviço e também em simpatia no trabalho

O cenário de recessão econômica estampa diariamente as manchetes dos jornais de todo o país. A crise financeira já não é mais novidade, e a população sente cada vez mais os reflexos da diminuição do ritmo de produção, consumo e, consequentemente, o aumento do desemprego.

A taxa de trabalhadores fora do mercado é a maior dos últimos quatro anos, chegando a 10,2% nos dois primeiros meses de 2016, de acordo com dados do IBGE. Em números absolutos, são quase 10,4 milhões de brasileiros desempregados, 40% a mais do que no mesmo período do ano passado.

Tanta retração assusta até mesmo quem já tem emprego garantido. De acordo com a psicóloga e coach Juliana Maestri Bessani, com o aumento no número de candidatos e a diminuição no número de vagas disponíveis, houve uma mudança no perfil pretendido pelas empresas. “Os contratantes passaram a perceber mais o fator comportamental, como resiliência, comprometimento e capacitação, e acabam buscando alguém que entenda o cenário econômico e a realidade da empresa”.

8

É o caso do seu Walter Orthmann, um trabalhador de 94 anos que se mantém na mesma empresa há 78, um recorde nacional de acordo com a RankBrasil. Ele começou a carreira profissional pouco depois da fundação da empresa em que atua até hoje. São quase oito décadas de trabalho. Uma vida toda acompanhando a evolução da fabrica têxtil que é referência no mercado em Brusque.

Durante a carreira profissional, seu Walter recebeu o salário em oito moedas diferentes, teve doze diretores executivos como chefes e ocupou quatro cargos. Com tanto tempo de casa, acompanhar as mudanças do mercado foi mais do que necessário e também um desafio para quem começou na profissão quando tudo era mais difícil. “Hoje é tudo automático, tudo mais rápido, em todos os setores. As estampas, por exemplo, são feitas digitais, é só abastecer a máquina de tinta”, relembra.

9

Mesmo assim, ele não abandona a atinga máquina de datilografar, que divide espaço com os avanços tecnológicos. É no tablet que seu Walter confere os e-mails, faz contato com os clientes e organiza as viagens pelo Brasil. Tanta disposição inspira os 530 colaboradores da empresa, que garantem serem incentivados pelo colega. “As pessoas adoram trabalhar com ele! Tem gente que vai na sala do seu Walter só para dar bom dia. O brilho, a vontade, a simplicidade, o ser humano que ele é fala tão alto que o trabalho dele é consequência”, afirma Vera Petry, superintendente da empresa.

De acordo com a psicóloga Juliana Bessani, o relacionamento humano é um dos pontos chaves para ser um bom profissional. É através da boa comunicação, proatividade e relacionamentos interprofissionais que o trabalhador deixa claro a postura dentro da empresa. Este é um dos pontos que a coordenadora de Recursos Humanos Juliana Borges destaca no seu Walter, a ativa participação na empresa. “Ele não esquece do aniversário dos colegas, é respeitoso e participa de todos os eventos na primeira fila. Quando termina também é o primeiro a dizer: ‘vamos trabalhar, temos que fazer acontecer’. É exemplo de ser humano e de trabalhador”.

3

E ele não pensa em largar a profissão tão cedo. Falta pouco mais de um ano para ele entrar para o Livro dos Recordes e ser considerado o trabalhador que permaneceu mais tempo em atividade profissional no mundo. O segredo dele para se manter estável no trabalho? Ser feliz na profissão. “Primeiro precisa ter saúde, cuidar da saúde. Depois você tem que gostar do que faz, se você não gosta não adianta. Ah! Tem que gostar do ambiente, se sentir bem. Aqui (empresa) é a casa da gente. Eu gosto daqui e enquanto a saúde ajudar, vou continuar”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s