Opinião

Precisamos falar sobre os preconceituosos da mídia

A polêmica declaração de Patrícia Abravanel segue sendo um dos assuntos mais comentado das redes.

Texto: Leandro Pereira

A filha de Silvio Santos, Patrícia Abravanel, foi responsável por uma declaração infeliz no domingo passado (8), durante o programa de seu pai. A moça afirmou que para ela homossexualidade não é “normal”.  Vamos trabalhar com objetividade: se você concordou com a declaração nem termine de ler este texto.

20150703175613
Os participantes do Quadro Jogo dos Pontinhos do Programa Silvio Santos. (Foto: Reprodução Internet)

No mesmo momento a apresentadora já começou a receber críticas por parte dos internautas. Durante a semana, as mídias sociais produziram uma enxurrada de conteúdo que desaprovavam sua fala. Outros artistas do meio também se manifestaram contra a posição da apresentadora, inclusive seu sobrinho, Tiago Abravanel. Patrícia Abravanel segue sendo um dos assuntos mais comentados nas redes.

É lamentável que ainda em 2016, mais uma vez, tenhamos que debater este tipo de discurso. A moça, na posição de comunicadora de uma rede de televisão aberta, deveria ter o conhecimento do alcance da sua voz. Suas palavras precisam ser medidas, sua fala está sendo transmitida para milhões de pessoas e ela já deveria ter percebido que profissionais do ramo televisivo precisam ter responsabilidade ao propagar seus pensamentos. Nada justifica. A moça não estava entre amigos, estava na TV aberta.

Opinião ou preconceito?

 “Vivemos a época em que não se pode mais ter opinião, é tudo preconceito”.  Achei que a maioria das pessoas já tinha aprendido a diferença, mas vamos relembrar que preconceito e opinião são coisas distintas. Uma coisa é você expor uma opinião neutra, livre de ódio, outra, é você expor um pensamento que ofende determinado grupo. Opiniões sempre serão bem vindas, preconceito não!

Não é preciso concordar, mas tratar a orientação sexual alheia como anormal é ir na contramão de uma classe que tem lutado constantemente pela causa para evitar este tipo de pensamento. Patrícia começou ontem na TV aberta, mas não nasceu ontem. Patrícia tem consciência da sua fala.

A apresentadora usou sua mídia social para se desculpar pelo ocorrido: “Peço desculpa se ofendi alguém ontem no Jogo dos Pontinhos. Dei apenas minha opinião, mas fui mal interpretada. Sou a favor do amor, do respeito e da tolerância”. Patrícia, quem é a favor do amor não tem este pensamento. Quem é a favor do amor, só se importa com o amor, independente de qualquer circunstância. É um bom momento para repensar suas ideias – e as nossas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s