Bem-Estar

Doadores de quatro patas

Animais que salvam vidas através da doação de sangue
Texto: Mariana Ricardo e Thamiriz Garcia
Edição: Andressa Zuffo

Através de um ato solidário, Thor ganhou fama de herói. Com apenas sete meses de vida, ele se tornou doador de sangue e sem perder tempo, realizou a transfusão. Por trás de um jeito brincalhão e muito carismático, existe um cãozinho, ou melhor, um filhote da raça Golden que não tem nada de “inho” e que salvou a vida de outra cadela. O Thor é um doador de sangue animal.

A Nega tem oito anos de idade e teve complicações com a saúde. A cadela estava com hemorragia por causa de uma inflamação no útero. A anemia dela estava com níveis altos, por isso precisou de uma transfusão de sangue para sobreviver e foi aí que o nosso super-herói apareceu.

Karoline, dona do Thor, ficou sabendo pelas redes sociais que uma cachorrinha precisava de transfusão de sangue e logo se prontificou a ajudar.

“Eu já tinha visto nas redes sociais a doação para gatos, mas de cachorro, até então, nunca tinha ouvido falar. Com o apelo na internet, fiquei surpresa, mas como já tinha pensado na possibilidade dele doar caso precisasse, quando surgiu a possibilidade eu levei adiante”.

Veja abaixo o que é necessário para que seu pet seja um doador de sangue:

Um dia depois da dona do Thor ler o aviso nas redes sociais, ela levou o cão para fazer a doação de sangue em uma clínica veterinária. O procedimento é simples e rápido, dura cerca de meia hora. Só é preciso fazer um exame de compatibilidade antes e, depois raspar o pelo do local de onde o sangue será retirado. O Thor doou cerca de 500ml de sangue.

O médico veterinário Danilo Chiminelli explica que hoje existem vários hemocentros caninos pelo país, onde os donos de cães podem comprar as bolsas de sangue, mas aqui na nossa região ainda não existe uma estrutura como esta. Nestes casos, a doação de sangue acontece de maneira emergencial e com caráter voluntário a partir do dono do animal. “O ideal é que as pessoas deixem um cadastro nas clínicas veterinárias para que sejam comunicadas quando preciso”.

IMG_0179
Foto: Karolina e Thor/ Acervo pessoal

Muitos animais ainda morrem por falta de sangue ou dos componentes do sangue para terapias de doenças ou por causa de uma anemia mais complicada. A Nega é uma cadela de sorte, ela foi salva a tempo graças ao ato heroico de Thor e a estrutura que encontrou para o seu tratamento. De acordo com Danilo, todos os médicos veterinários teriam instrução para fazer este tipo de procedimento, mas hoje não são todas as clínicas que estão preparadas para realizar doações de sangue, pois não possuem equipamentos e materiais básicos para a coleta e transfusão.

#SangueAmigo

Uma rede para fazer o bem. O aplicado Sangue Amigo foi desenvolvido para unir forças e ajudar todos os cãezinhos que precisam de transfusão de sangue no país. Donos de cachorros que estão aptos para realizar a doação podem se cadastrar e ficar a disposição para outros cãezinhos cadastrados que procuram um doador. Atualmente nenhum cão cadastrado no aplicativo está precisando de sangue, mas o número de inscritos no aplicativo aumenta cada vez mais. Confira na galeria abaixo como é simples realizar o cadastro, e como é possível reconhecer os cães doadores, e os pacientes em espera:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s